Notícias

Para tirar Municípios do isolamento, prefeitos do Jalapão criarão consórcio intermunicipal

Em reunião nesta terça-feira, 21, na sede da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), em Palmas, vários prefeitos e primeiras-damas dos municípios que compõem a região do Jalapão deliberaram pela criação de um consórcio intermunicipal.

O grupo será composto por oito municípios, e terá como finalidade fomentar o desenvolvimento sócio-econômico integrado da região, atuando em áreas como turismo, saúde, educação, gestão sustentável para a manutenção de um meio ambiente equilibrado, além de investimentos em estradas para romper com o isolamento deste Municípios.

No encontro, ficou definido que o prefeito de São Félix, Marlen Ribeiro, assumirá interinamente a presidência dos trabalhos até a definição da próxima reunião, que acontecerá na cidade de Lizarda, no final deste mês. Também ficou deliberado que o jornalista Goianyr Barbosa será o coordenador dos trabalhos para a fundação do consórcio municipalista.

Falta planejamento

Segundo Marlen Ribeiro, a região do Jalapão de uma hora para outra foi despertada por turistas que querem conhecer as belezas naturais dessas localidades e até de investidores. Garante que nada foi planejado nesse sentido e o poder público isoladamente não tem como atender tamanha forte demanda.

“A saída, é trabalharmos de maneira unida e integrada. Com a criação desse consórcio será possível carrear recursos para os municípios de maneira séria e responsável, discutirmos os investimentos para a região e exigir das autoridades toda uma atenção que a região espera há muitas décadas no ostracismo desenvolvimentista”, ressalta.

Protocolo de intenções

Para Barbosa, que vai trabalhar na implantação do consórcio, a próxima reunião já vai definir o protocolo de intenções que será firmado por cada ente consorciado e, em seguida, submetido à aprovação do Legislativo de cada município associado. “O consórcio é a alternativa para que investimentos cheguem de maneira mais substancial e simétrica, além do trabalho integrado em busca do desenvolvimento sustentável”, assegura o jornalista.

Primeiras-damas

Já a primeira-dama de Mateiros, Mariene Martins, ficou interinamente na presidência da entidade de primeiras-damas até a próxima reunião, cujo encontro será realizado final do mês na cidade de Lizarda.

Segundo Mariene, a entidade a ser criada tem como pressuposto fomentar e trabalhar em projetos voltados para amparar aos desassistidos socialmente. “O objetivo primordial de todos que vão estar integrados ao projeto será o de promover a melhoria da qualidade das pessoas de baixa renda, lutar pelas garantias dos direitos e à proteção da criança, adolescente, jovem, idoso e da família”, promete, destacando que, “vamos lutar por programas do microcrédito para pequenos negócios na região, cursos profissionalizantes em parceria com o Sebrae, fazendo com que as pessoas progridam”.