Notícias

ATM alerta: termina nesta sexta-feira (11) prazo de manifesto dos Municípios para implantação de escolas cívico-militares

Victor Morais/Ascom ATM

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) alerta as prefeituras, em especial as secretarias Municipais de Educação, que termina nesta sexta-feira (11) o prazo para que os Municípios manifestem o interesse na implementação de Escolas Cívicos-Militares em suas redes Municipais de Educação. 

Para tanto, as prefeituras devem enviar ofício endereçado ao Ministério da Educação, assinado pelo(a) prefeito(a), no qual informa o interesse em participar do Programa Nacional das Escolas Cívicos-Militares. O documento deve ser enviado ao email pecim@mec.gov.br . 

 Além disso, deve conter no documento a indicação se o município já possui alguma escola entre 500 e mil alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental ou do ensino médio, bem como a informação se a nota do IDEB da escola informada está abaixo da média do estado. 

O Programa

Segundo o Governo Federal, as Escolas Cívicos-Militares serão implementadas, em 2020, em 54 escolas. A proposta do Governo é implantar 216 Escolas Cívico-Militares em todo o país, até 2023, sendo 54 por ano. 

A seleção dos Municípios manifestantes será feita pelo Ministério da Educação (MEC). Serão selecionadas duas instituições de cada estado e do Distrito Federal.
Segundo a Agência Brasil, o MEC vai liberar R$ 54 milhões para o programa em 2020, sendo R$ 1 milhão por escola. O dinheiro será investido no pagamento de pessoal em algumas instituições e na melhoria de infraestrutura, compra de material escolar e reformas, entre outras intervenções.

As Escolas Cívicos-Militares atuam de forma hibrida, tendo os esforços dos profissionais da Educação, enquanto que os militares irão atuar como monitores, acompanhando os alunos e fazendo contato com as famílias.

Clique aqui para acessar o site do programa.