Notícias

Tocantins ocupa último lugar em ranking de Estados em Isolamento Social

Dados divulgados pela revista Exame mostram uma pesquisa realizada no dia 30 de março, que informa que a população tocantinense (em especial, a palmense) tem resistido às recomendações da Organização Mundial da Saúde - OMS, e não tem aderido ao isolamento social como a situação exige.

Apenas 50,9% da população palmense está cumprindo as recomendações da OMS. Inclusive, a capital tocantinense é a penúltima da lista, adiante apenas de Boa Vista - Roraima, que tem índice de apenas 49,4% . Enquanto isso, Florianópolis, capital de Santa Catarina, é a cidade que mais tem respeitado as advertências necessárias, com 63,2% de porcentagem.

A Pesquisa

O percentual de Isolamento Social de cada capital e dos Estados é informado através de uma pesquisa realizada pela In Loco, empresa de geolocalização. Esse índice informa a movimentação dentro de localidades específicas e mede o distanciamento social de cada uma delas.

Esta ferramenta foi desenvolvida há menos de dez dias e está gratuita para os governos acessarem. Algo assim é extremamente útil em tempos de Covid-19, ao trazer dados tão importantes e que auxiliam autoridades em tomadas de decisões para o bem estar social de todos.

Segundo ainda a revista, 20 Estados já fecharam parceria com a empresa e recebem frequentemente atualizações de relatórios que trazem dados estatísticos e cartográficos. Confira o percentual dos estados:

COVID-19

As secretarias estaduais de saúde divulgaram, até às 21h50 do dia 1º de abril, os dados atualizados do novo coronavírus no Brasil. São 6.931 casos confirmados, com 244 mortes causadas pelo Covid-19.

Além disto, foi confirmada a morte de um jovem de 23 anos por conta do vírus no Rio Grande do Norte, sendo a vítima mais jovem do Brasil até o momento.

Em um panorama geral, em apenas duas semanas o Brasil teve mais de 6 mil casos confirmados. No Tocantins já são 12 casos confirmados, sendo 9 em Palmas e 3 em Araguaína, e o número continua subindo.

As recomendações da OMS

Medidas cotidianas como lavar bem as mãos, evitar aglomerações e contatos físicos, reduzem o contágio da doença. Sem a adoção das recomendações, a OMS estima que o caso de contaminados dobre a cada três dias.

A Associação Tocantinense de Municípios - ATM, reitera sua preocupação com a saúde de todos os tocantinenses — e da população brasileira, em geral. Portanto, a ATM segue firmemente e sugestiona a adoção das recomendações da OMS. Consequentemente, o Hotel, a Sede Administrativa e o atendimento ao público da ATM seguem fechados até que os órgãos responsáveis pela saúde assegurem a segurança e bem estar de todos os cidadãos. (Com informações da EXAME)