Notícias

ATM apoia projeto da Undime que busca retorno das atividades educacionais; Prefeitos devem estar engajados

Victor Morais/Ascom ATM

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) é parceira da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/TO) no desenvolvimento do projeto “Rede CoaborAção Tocantins”, que visa apoiar as Redes Municipais de Ensino em ações de formação e gestão dos profissionais de Educação neste momento de crise originado pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19). As aulas estão suspensas desde março deste ano e o projeto apresenta alternativas para o retorno das atividades educacionais.

Segundo a Undime/To, o projeto tem o objetivo de apoiar as redes e os sistemas municipais de educação/ensino do Estado do Tocantins no enfrentamento da crise educacional derivada da pandemia da Covid-19, notadamente, na sistematização da oferta educacional no período da pandemia e no processo de retomada das atividades educacionais.

Dentre as ações estão a realização de diagnóstico das redes e dos sistemas municipais de educação/ensino, formação para equipe gestora voltada para o enfrentamento da crise educacional, disponibilizar rede de apoio e suporte técnico aos sistemas e redes municipais de educação/ensino, além da realização de Seminário com palestrantes estaduais e nacionais para apresentação de trabalhos, entre outras ações.

Seminário

O Seminário de Abertura da Rede ColaborAção Tocantins ocorrerá nesta quinta-feira, 01 de outubro, de 09h às 11h, com palestra sobre os desafios da garantia do direito à Educação Municipal no Tocantins nas circunstâncias da pandemia do coronavírus. O seminário poderá ser facilmente acompanhado pelos gestores por meio do canal da Undime no Youtube. Confira o banner abaixo e veja a relação de palestrantes e debatedores.



Engajados

O presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, frisa que os prefeitos devem estar engajados nesse projeto. “Sabemos que as aulas estão paralisadas por motivos de força maior causados pela pandemia. Porém, nós (prefeitos) precisamos debater e provocar os gestores de Educação em torno da elaboração e execução de estratégias que permitem a garantia do direito à educação. Para tanto, é fundamental que os gestores estejam engajados” disse, ao colocar a Associação a inteira disposição da Undime para colaborar com o projeto.

A ATM deve atuar no sentido de sensibilizar os gestores municipais para aderirem a proposta do projeto, além de contribuir com os Municípios ao processo de institucionalização de leis, com vistas a organizar o sistema municipal de ensino.

Clique aqui e veja a proposta do Projeto “Rede CoaborAção Tocantins”.